Sonangol inicia processo de privatização

Numa nota enviada à imprensa, a Sonangol anunciou que, “no âmbito do Programa de Reestruturação e na sequência da aprovação pelo executivo do Programa de Privatizações (PROPRIV), decorreu, de 20 de dezembro de 2019 a 30 de janeiro de 2020, o lançamento do concurso público para a alienação dos interesses participativos” que detém em 7 empresas: Atlântida Viagens e Turismo Lisboa, Atlântida Viagens Luanda, WTA International, WTA Travel Agency Luanda, WTA Paris, WTA/Houston Express e ITSS International Travel Services and Systems. De acordo com a nota, a Sonangol irá, em breve, lançar os concursos públicos referentes “aos seus interesses participativos” nas empresas Sonaid — Serviços de Apoio à Perfuração, Sonasurf Internacional e Sonasurf Angola (operação e gestão de navios de suporte à atividade petrolífera) e Founton (gestão imobiliária), bem como no hotel Suíte, na Maianga. No âmbito do PROPRIV, que lista 195 empresas públicas para privatizar até 2022, a Sonangol deve alienar cerca de 70 ativos, sendo que pelo menos 50 estão sob controlo direto da administração da petrolífera.

Partilhar o artigo "Sonangol inicia processo de privatização"

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn