Presidente de Angola autoriza nova emissão de eurobonds no valor de USD 3 mil milhões

O Despacho Presidencial n.o 44/20, de 18 de março, autoriza a Ministra das Finanças, Vera Daves, a emitir títulos de dívida soberana nos mercados internacionais sob forma de eurobonds, i.e., obrigações e títulos de crédito estimados em divisas (USD ou €), até ao montante de USD 3 mil milhões, “para a cobertura dos encargos orçamentais no exercício económico de 2020″. O referido Despacho autoriza, também, a Ministra das Finanças a aprovar “e assinar a Carta-Mandato, em representação da República de Angola, e a conferir poderes às instituições financeiras que participam na presente emissão de eurobonds, bem como aprovar e assinar toda a documentação relacionada com a referida emissão, com faculdade de subdelegar”. Para o efeito, foi igualmente “aprovado o acordo de financiamento ponte”, no valor de USD 500 milhões, a ser celebrado entre a República de Angola e as instituições financeiras que participarem na emissão de eurobonds. Com a emissão de USD 3 mil milhões em títulos de dívida soberana, Angola aumentará para USD 11 mil milhões a dívida aos mercados de eurobonds.

Partilhar o artigo "Presidente de Angola autoriza nova emissão de eurobonds no valor de USD 3 mil milhões"

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn