Lucros do BAI aumentam 137% em 2019

O Banco Angolano de Investimentos (BAI) registou, em 2019, um resultado líquido de AKZ 118,7 mil milhões, o Banco Angolano de Investimentos (BAI) registou, em 2019, um resultado líquido de AKZ 118,7 mil milhões, o que representa um aumento de 137% face ao ano anterior. De acordo com o “Relatório e Contas 2019” da instituição financeira com o maior ativo no sistema bancário angolano (SBA), o resultado líquido corresponde a um ROE (Retorno sobre o Património Líquido) de 47,7%, “desempenho que resulta, essencialmente, do aumento da margem financeira em 21%, dos resultados cambiais em 24%, muito influenciados pela depreciação da moeda” e pela redução da imparidade em 119%, sempre face ao ano transato. Ainda no exercício de 2019, o BAI aumentou o crédito a clientes em AKZ 75 mil milhões, correspondendo a um crescimento de 20% em termos líquidos, influenciado pelo impacto positivo da depreciação cambial da moeda nacional angolana nos créditos em moeda estrangeira. O BAI esclareceu, ainda, que o aumento do crédito a clientes se deveu,igualmente, à transformação de crédito em moeda estrangeira para moeda nacional e novos reembolsos. O crédito vencido atingiu AKZ 121 mil milhões, o que significa uma redução de AKZ 19 mil milhões relativamente a 2018. Os depósitos de clientes situaram-se em AKZ 2,285 mil milhões, um aumento de 26% comparativamente a 2018, ano em que o resultado líquido do BAI foi de pelo menos AKZ 50 mil milhões, representando, por sua vez, uma redução de 8%, face a 2017. No Relatório e Contas 2019, o BAI adita que o rácio de solvabilidade regulamentar se situou em 17%, “mantendo-se acima do limite mínimo de 10% estabelecido pelo regulador”.

Partilhar o artigo "Lucros do BAI aumentam 137% em 2019"

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn