Angola fora dos USD 50 mil milhões do Banco Mundial

Segundo o Diretor do Banco Mundial (BM) para Angola, República Democrática do Congo e Burundi, Jean-Christophe Carret, Angola não está incluída no conjunto de países que irão beneficiar do montante de USD 50 mil milhões disponibilizados pela instituição que representa: o banqueiro, que falava em Luanda à margem do encerramento da sua visita ao país, disse que o montante em causa será alocado aos países da Associação Internacional para o Desenvolvimento (International Development Association – IDA, na designação e sigla em inglês), ou seja, aos países mais pobres, dos quais Angola já não faz parte: “Neste momento, Angola já não figura na lista dos países da IDA (…), é um país de rendimento médio alto”. Na ocasião, a Ministra das Finanças, Vera Daves, referiu que Jean-Christophe Carret foi a Angola para se integrar sobre a carteira de projetos que o Banco Mundial tem com o país e perceber quais as expetativas geradas pela parceria entre ambos. O responsável do BM destacou o reforço de sectores como os da saúde e da proteção social, mas manifestou a opinião de que o Governo deve melhorar, drasticamente, o investimento no sector social. Quando questionado sobre as subvenções aos combustíveis, reconheceu que o Executivo angolano está a ponderar a sua remoção.

Partilhar o artigo "Angola fora dos USD 50 mil milhões do Banco Mundial"

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn